Brasil,  Dicas,  Exótico,  Uncategorized

Os melhores destinos para conhecer o Folclore Brasileiro

O Brasil foi formado por um mix cultural, com contribuições indígenas, africanas, europeias, latinas… Essa mistura é o que forma o nosso conjunto de expressões culturais, o Folclore.

Aliás, essa palavra e suas traduções para diferentes idiomas, tem esse significado em todo o mundo e é em homenagem à criação do termo, que o dia 22 de agosto virou o Dia do Folclore.  

Como o que a gente entende mesmo é de viagem, vamos ver os melhores destinos para conhecer o Folclore brasileiro na prática?

Em nosso país, cada região possui uma tradição ou lenda que tornam a experiência dos turistas muito mais interessante.

Veja quais cidades podem ser uma boa escolha quando o objetivo é desbravar a cultura regional e descobrir a mágica por trás dessas histórias. 

Recife

Apresentação de Frevo em Olinda – 2009

No Nordeste o folclore é bastante expressivo, principalmente nas apresentações de frevo, nas cirandas e nas brincadeiras típicas.

O estilo musical, presente principalmente na dança, é uma das atrações turísticas mais populares da capital de Pernambuco e rende passeios interessantes pela região, como o bate-e-volta a Olinda, para conhecer os bonecos gigantes que enfeitam as ruas no carnaval. 

Foi lá também que aconteceram as primeiras aparições, por exemplo, do Bumba-meu-boi. A lenda gira em torno da morte e ressurreição de um boi, após as preces de um curandeiro, uma mistura do milagre católico com os rituais africanos.

Hoje, a festa do Bumba-meu-boi acontece, principalmente, no Maranhão. 

Manaus

Boi Bumbá no Festival Folclórico do Amazonas – Foto Michael Dantas/SEC

As lendas indígenas dominam os contos folclóricos do Norte com histórias intrigantes como a Vitória-Régia, o Boto-Cor-de-Rosa, a lenda da Mandioca e a história de Uirapuru. O mesmo Bumba-meu-boi, em Manaus, por exemplo, é conhecido como o Boi Bumbá nessa região. 

Por lá, o folclore é tão comemorado, que há mais de 60 anos acontece, próximo ao dia 22, o Festival Folclórico do Amazonas. Em 2021, por causa da pandemia, o evento foi transmitido por live e aconteceu em dimensões menores, sem mostra competitiva e sem público.  

Geralmente, cerca de 100 grupos de folclore competem em 19 categorias de cirandas, danças e músicas, para mais de 160 mil espectadores.  

Pirenópolis 

Cavalhadas em Pirenópolis

No Centro-Oeste, a influência da cultura de países como Espanha e França, criou um dos maiores rituais folclóricos do Brasil, as Cavalhadas em Pirenópolis. As atividades duram, aproximadamente, uma semana e giram em torno de apresentações teatrais que narram a guerra entre Mouros e Cristãos na Europa, no período da Idade Média.  

Em outros municípios da região, essas manifestações culturais também são comuns, mas em Pirenópolis as proporções ultrapassaram fronteiras estaduais e fez a festa se tornar Patrimônio Cultural do Brasil. 

Outra celebração popular é a Festa do Divino, 50 dias após a Páscoa, com suas diversas atrações, entre apresentações de bandas, danças, teatro e muita festa.  

Rio de Janeiro

Desfile da escola de samba União da Ilha do Governador no Sambódromo do Rio de Janeiro – 2017

As maiores manifestações folclóricas do Sudeste acontecem em duas épocas do ano: no carnaval, em fevereiro, ou nas festas juninas, no meio do ano. No Rio, as escolas de samba dominam a cena e atraem turistas no mundo inteiro, enquanto as quadrilhas juninas são mais expressivas em Minas Gerais ou São Paulo. 

Contos místicos e histórias também são fortes na região. Além das lendas conhecidas na maior parte do país, como o Lobisomem, Uiara, Boitatá, outras são populares somente em alguns lugares do estado, como a lenda de Chico Rei.  

No litoral, ainda, os cultos a Iemanjá na virada do ano, a tradicional superstição de pular as 7 ondas, também fazem parte do folclore e mostram a herança da cultura africana por lá.  

Blumenau

A cultura da região Sul do Brasil sofreu fortes influências das tradições Alemãs, Holandesas, entre outros países da Europa, devido à imigração desses povos para lá e por isso as maiores manifestações culturais giram em torno de rituais com essas origens. 

Uma das mais conhecidas é a Oktoberfest, em outubro, na cidade de Blumenau, que faz menção a música, culinária, danças e, claro, cervejas alemãs, com direito a desfile e muita festa por aproximadamente 17 dias.  

Na região também são populares as danças de Pau de Fita, Chula, Boi de Mamão, Catumbi, Chimarrita, Bugio e São Gonçalo, cada uma com origem em uma tradição vinda de lugares diferentes, o que culmina em uma variedade incrível de experiências. 


Sempre que quiser conhecer uma cultura nova, a melhor forma de fazer isso é viajando! Por mais que a internet tenha derrubado fronteiras, nada como a experiência para mostrar na prática como tudo isso pode encantar e ensinar sobre cada povo.  

O Brasil é gigante e diverso, vem descobrir ele com a gente. Viva o folclore brasileiro! 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *